sexta-feira, 19 de novembro de 2010

O Tempo


O tempo distorce
  tanto para o bem como para o mal,
transformando o verossímil em real.
Eu continuo pescando ilusão

7 comentários:

  1. Teu? Poema? Taí que gostei da postagem!
    "Compositor de destino, tempo, tempo, tempo, tempo"

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Nara! Mas não sou poetisa. Não iria blasfemar contra os verdadeiros poetas. Mas, assim como mar, o tempo é uma constante em minhas reflexoes e sensações.

    ResponderExcluir
  3. Embora não a conheça, logo se vê que você é mais do que uma mera ilusão.

    Ternura sempre!

    ResponderExcluir
  4. ah, obrigada pela gentileza, Razek.
    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Oi Cláudia!
    Pesquisando sobre o hospital no google, achei esse link: http://www.pgj.ce.gov.br/orgaos/orgaos_execucao/secje/cidadaniaemacao/cea032005.pdf que leva direto para o pdf em questão. :)

    Meu e-mail é fortalezanobre@r7.com

    Abraços e parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  6. Claúdia...
    Lindo blog, com textos incrivéis!!!
    Tbm tenho um depois de um apassadinha lá.
    www.professorsergioaugusto.com
    Parabéns pelo espaço!!!
    Ass: Sérgio Augusto

    ResponderExcluir
  7. Obrigada Sérgio. O seu também é muito bem feito, caprichado e interessante. Parabéns! Abraços.

    ResponderExcluir